• Saber Olhar •

Não me sinto pertencente a lado algum.
Não me sinto em casa
Não me sinto feliz!
Sinto-me só..
Completamente mercê á minha própria sobrevivência..
Não me sinto igual, nem parecida a ninguém!
Sinto-me diferente..
Completamente!
As pessoas não reparam no que eu reparo..
São os detalhes, são os promenores..
Sou tão atenta..
E quem me rodeia está tão a leste, ao que é real, importante.
O foco, é o trabalho, são os problemas ..
Vice versa.
O resto fica encalhado.
E nada mais acontece.
Comigo é diferente, eu adoro sentir.
A emoção contagia-me!
Sinto intensamente, tudo o que me é visível e invisível aos olhos.
Porque consigo ver para além, da capa, da personagem, da expectativa, para além das virtudes e defeitos que lhes são retratados.
Sou minuciosa nos detalhes.
E adoro esta faceta que me deixa tremendamente feliz!
Porque ter a capacidade de reparar, no mínimo, no detalhe é de uma genuídade esplêndida, e só por isso me sinto bem.
Sei e sinto o que ali está.
Sei disfarçar.
Mas não me pronuncio sobre o que sei.
Guardo para mim.
Pode ser perigo, pode-se tornar sufoco.
Mas pouco importa..
Desde que consiga dar a volta.
O que pretendo mesmo, é marcar a diferença.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s